Torta de maçã sem glúten, sem leite e sem ovos

Ingredientes

  • 2 xícaras de farinha sem glúten preparada com goma xantana ou CMC
  • 3 colheres de sopa de açúcar mascavo
  • 150g de gordura de coco / palma em temperatura ambiente
  • 3 colheres de sopa de leite de quinoa gelado (pode ser água gelada, também)

Modo de preparo

  1. Bata na batedeira o açúcar e a gordura até formar um creme.
  2. Junte a farinha e bata até virar uma farofa.
  3. Adicione a água gelada colher a colher, ainda com a batedeira ligada, verificando a massa se está no ponto, que é um creme bem consistente, que não esfarele e nem grude nas mãos.
  4. Divida a massa em 2/3 e 1/3 e leve à geladeira embrulhadas em saco plástico por cerca de 20 minutos.

Recheio

  • 4 maçãs verdes grandes
  • 1 xícara de açúcar demerara
  • 3 colheres de amido de milho ou de fécula de mandioca
  • 1 colher de sopa rasa de canela em pó
  • 1/3 de colher de chá de noz moscada em pó
  • 1/2 colher de sopa de sumo de limão
  • 1 e 1/2 colheres de sopa de gordura de coco / palma

Modo de preparo (recheio)

  1. Misture o açúcar, a canela, a noz moscada e o amido ou fécula em uma tigela pequena.
  2. Descasque as maçãs e fatie em meia-luas. Cubra-as com o sumo de limão em uma tigela e com a gordura, em estado líquido, derretida no microondas.
  3. Junte a primeira mistura sobre as maçãs e misture bem.

Montando a torta

  1. Pré aqueça o forno a 250ºC.
  2. Disponha 2/3 da massa sobre o verso de uma forma grande com o auxílio de dois plásticos: um entre a forma e a massa e outro por cima.
  3. Com um rolo ou com as mãos, abra-a, até ficar em uma espessura de cerca de 3mm.
  4. Retire o plástico de cima e vire sobre uma forma de torta de aproximadamente 22cm de diâmetro, levemente untada com um pouco de óleo, preenchendo-a toda com os dedos.
  5. Faça o acabamento da parte superior, nas laterais da forma, removendo as rebarbas. Se aparecer algum furinho, remende.
  6. Posicione as fatias de maçã sobre a massa, e ao fim, cubra com a farofinha que ficar na tigela.
  7. Cubra com o restante da massa, em tiras com espaços para o vapor sair. Se abrir a massa inteira (abrindo-a do mesmo modo como abriu a primeira parte da massa), faça ao menos três furos do tamanho de um dedo sobre ela.
  8. Se você não for alérgico à OVO, use um, batido para pincelar a parte de cima da massa (opcional). Se não, faça o mesmo com um pouquinho de leite de quinoa ou pule esta etapa.
  9. Cubra a parte de cima com uma mistura de açúcar e canela.
  10. Leve ao fogo alto (230-250 graus) por cerca de 10 minutos. Ponha a forma da torta sob uma outra, maior, para o caso de escorrer algo.
  11. Diminua o fogo para 180-200 graus e asse por mais 50 minutos aproximadamente. Teste ao final, espetando uma faca fininha no centro: se não encontrar resistência, é sinal de que o recheio está bem cozido.
  12. Deixe esfriar completamente e sirva! Se preferir, decore espalhando um pouco de açúcar de confeiteiro com uma peneira.

 

Fonte: APLV SEM NEURA/ AMORAGOSTO.BLOGSPOT.COM.BR